Notícias

Diálogos Culturais visa a preparar os futuros profissionais para uma educação que reconhece e valoriza a diversidade, comprometida com as origens do povo brasileiro e livre de estereótipos e preconceitos

Diálogos Culturais visa a preparar os futuros profissionais para uma educação que reconhece e valoriza a diversidade, comprometida com as origens do povo brasileiro e livre de estereótipos e preconceitos

“Diálogos Culturais” possibilita aos acadêmicos da Fafjian mais conhecimento sobre a história e a cultura africana, afro-brasileira e indígena “Diálogos Culturais” possibilita aos acadêmicos da Fafjian mais conhecimento sobre a história e a cultura africana, afro-brasileira e indígena “Diálogos Culturais” possibilita aos acadêmicos da Fafjian mais conhecimento sobre a história e a cultura africana, afro-brasileira e indígena “Diálogos Culturais” possibilita aos acadêmicos da Fafjian mais conhecimento sobre a história e a cultura africana, afro-brasileira e indígena “Diálogos Culturais” possibilita aos acadêmicos da Fafjian mais conhecimento sobre a história e a cultura africana, afro-brasileira e indígena “Diálogos Culturais” possibilita aos acadêmicos da Fafjian mais conhecimento sobre a história e a cultura africana, afro-brasileira e indígena “Diálogos Culturais” possibilita aos acadêmicos da Fafjian mais conhecimento sobre a história e a cultura africana, afro-brasileira e indígena “Diálogos Culturais” possibilita aos acadêmicos da Fafjian mais conhecimento sobre a história e a cultura africana, afro-brasileira e indígena “Diálogos Culturais” possibilita aos acadêmicos da Fafjian mais conhecimento sobre a história e a cultura africana, afro-brasileira e indígena “Diálogos Culturais” possibilita aos acadêmicos da Fafjian mais conhecimento sobre a história e a cultura africana, afro-brasileira e indígena “Diálogos Culturais” possibilita aos acadêmicos da Fafjian mais conhecimento sobre a história e a cultura africana, afro-brasileira e indígena “Diálogos Culturais” possibilita aos acadêmicos da Fafjian mais conhecimento sobre a história e a cultura africana, afro-brasileira e indígena Visualizar galeria
Publicado em 07 | 10 | 2012 às 16:25

“Diálogos Culturais” possibilita aos acadêmicos da Fafjian mais conhecimento sobre a história e a cultura africana, afro-brasileira e indígena

Evento foi realizado pelos Colegiados de Letras e Pedagogia

Texto por: imprensa@fafijan.br | Fotos por: Assessoria de Imprensa Fafijan

Todos os anos os Colegiados de Letras e Pedagogia da Fafijan (Faculdade de Jandaia do Sul) se unem para realizar o evento Diálogos Culturais, que tem como objetivo conscientizar e bem informar os estudantes sobre a formação da sociedade brasileira – multiétnica e multicultural –, com foco na história e na cultura africana, afro-brasileira e indígena.
Segundo a coordenadora do curso de Letras da Fafijan, professora doutora Rosi Maria Basseto Sena, a importância em abordar o tema está em preparar os futuros profissionais para uma educação que reconhece e valoriza a diversidade, que é comprometida com as origens do povo brasileiro e que é livre de estereótipos e preconceitos. “Sem contar com as leis que tornam obrigatório o ensino de História e Cultura Africana, Afro-brasileira e Indígena nas Escolas de Ensinos Fundamental e Médio”, explica Rosi.
Para a coordenadora, quanto mais preparado o acadêmico sair da Instituição, mais bem sucedido ele será. “Nesse caso, estamos preparando-o para lidar com alunos de todas as camadas sociais, de todas as etnias, das mais diversas religiões e opções sexuais, tendo como máxima respeitar as diferenças e conviver em harmonia. A partir desse evento, acreditamos que o nosso acadêmico buscará interagir em seu meio contribuindo com a transformação social e formando, por sua vez, cidadãos íntegros e sem preconceitos”, disse Rosi.
Em 2012, o evento “Diálogos Culturais” teve início na terça-feira, 25 de setembro, e contou com a participação do professor José Eugênio das Neves, que abordou a figura do indígena na Literatura Brasileira. No dia 26, a professora Ana Lúcia da Silva ministrou palestra sobre a chegada dos africanos ao Brasil, sobre os afro-brasileiros – aspectos históricos e culturais –, e sobre as formas apropriadas de se trabalhar esse assunto na escola básica, de forma a eliminar preconceitos, valorizando questões positivas e contribuições das diferentes etnias na formação do país, fortalecendo a convivência harmoniosa entre todas.