Notícias

População compareceu em grande número para prestigiar o evento cívico organizado pela Prefeitura Municipal de Mandaguari

População compareceu em grande número para prestigiar o evento cívico organizado pela Prefeitura Municipal de Mandaguari

Publicado em 08 | 09 | 2011 às 16:38

Fanfarra Fafijan é destaque no desfile de 7 de setembro de Mandaguari

Sob muitos aplausos, integrantes do projeto social da Faculdade de Jandaia do Sul passaram pela Avenida Amazonas

Texto por: imprensa@fafijan.br | Fotos por: Assessoria de Imprensa Fafijan

Na quarta-feira, 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil, a convite do Colégio Estadual José Luiz Gori, a Fanfarra Fafijan – projeto de extensão social da Faculdade de Jandaia do Sul – participou do desfile cívico de Mandaguari. Ao todo, foram 52 integrantes, entre os tocadores de metais, percussão e a comissão de frente, que estiveram sob o comando do instrutor Paulo Márcio Salvador.
A população, não só da cidade, mas também da região, compareceu em grande número na Avenida Amazonas para prestigiar o evento cívico organizado pela Prefeitura Municipal. Paulinho comenta que a fanfarra foi muito bem recebida por todos e que há tempos não sentia tamanha interação com o público. “O que eu posso dizer é que foi uma apresentação emocionante. Tanto na concentração, quanto no desfile, pessoas vinham nos cumprimentar, outras eu via chorando. Algumas queriam saber como fazer parte do grupo”, destaca ele. “Ocorre que Mandaguari tem um belo histórico em se tratando de fanfarras e talvez a nossa passagem por lá tenha trazido à tona boas recordações.”
Para Paulinho, é importante que o pessoal do projeto participe de eventos como esse. “Ensaiamos o ano todo e seria ruim se não tivéssemos para quem mostrar o nosso trabalho. O contato com esse monte de gente, essa troca de emoções, esse friozinho na barriga antes das apresentações nos motiva a melhorar sempre.”

Fanfarra Fafijan
A Fanfarra Fafijan, fundada em 1999, tornou-se projeto de extensão social em 2002. “Alguns integrantes estão comigo desde o início”, diz o instrutor, Paulo Márcio Salvador. “Gente que tem paixão pelo que faz.” E uma paixão que não tem idade: o integrante mais novo tem hoje 10 anos e a mais experiente, dona Maria, 77. Sobre os benefícios que a fanfarra oportuniza aos praticantes, Paulinho cita: coordenação motora (postura, alinhamento, lateralidade), disciplina (horários de ensaios, datas de apresentações, uniformização) e cultura - “lembrando que a nossa matéria-prima é a música”.
Para integrar a Fanfarra Fafijan é preciso ter no mínimo 10 anos de idade e comparecer a um dos ensaios do grupo para se matricular. “Ensaiamos na Fafijan de abril a novembro, nas terças e quintas-feiras, das 18 às 19 horas. Quando estamos em datas próximas a apresentações, fazemos um intensivo também aos sábados à tarde”, descreve o professor a rotina. Por ser um projeto de extensão social, não há custo algum para o aluno. “Basta querer participar e ter força de vontade.”