Notícias

Também foram disponibilizadas para os professores, funcionários e acadêmicos da Instituição as vacinas contra febre amarela e tétano, que precisam ser reaplicadas a cada dez anos

Também foram disponibilizadas para os professores, funcionários e acadêmicos da Instituição as vacinas contra febre amarela e tétano, que precisam ser reaplicadas a cada dez anos

Publicado em 19 | 10 | 2011 às 15:37

Campanha de vacinação contra a hepatite B é realizada na Fafijan

Segundo a enfermeira responsável pelo setor de Vigilância Epidemiológica de Jandaia do Sul, Valderis Maria Marconi Jaime, os jovens estão se esquecendo de comparecer aos postos de saúde para se imunizar

Texto por: imprensa@fafijan.br | Fotos por: Assessoria de Imprensa Fafijan

Noventa e cinco pessoas, entre professores, funcionários e acadêmicos da Fafijan (Faculdade de Jandaia do Sul) foram vacinadas na noite de quarta-feira, dia 5. A Campanha de Vacinação contra a hepatite B é uma ação nacional promovida pelo Ministério da Saúde.
Em Jandaia do Sul, algumas empresas e organizações estão sendo visitadas pelo pessoal do Departamento Municipal de Saúde, que tem por objetivo imunizar toda a população de 17 a 29 anos de idade (público-alvo da campanha), sendo a faculdade uma das escolhidas pelo grande número de jovens matriculados. “É uma faixa etária tida de maior risco, pois se trata de uma doença infecciosa, sexualmente transmissível, que pode ser também passada de mãe para filho durante a gestação, ou pega pelo compartilhamento de material para uso de drogas, de higiene pessoal [como escovas de dente, alicates de unha], ou de confecção de tatuagem e colocação de piercings, quando os instrumentos utilizados não são recicláveis e devidamente esterilizados”, afirma a enfermeira responsável pelo setor de Vigilância Epidemiológica de Jandaia do Sul, Valderis Maria Marconi Jaime. Ela conta que os jovens estão se esquecendo de comparecer aos postos de saúde para se imunizar: “motivo que nos faz ir ao encontro deles”.
Valderis ressalta que a vacina contra a hepatite B é feita em três etapas. “A primeira dose está sendo aplicada agora, a próxima deve ser daqui a 30 dias e a última daqui a seis meses”, explica ela.
Débora e Rosana, acadêmicas do segundo período de Marketing, foram juntas se vacinar. “Na correria do dia-a-dia, acabamos nos esquecendo das imunizações. Por isso, achamos bem interessante essa parceria do Departamento de Saúde de Jandaia do Sul com a Fafijan. Estamos agora protegidas”, destacam as duas.
Também foram disponibilizadas na Fafijan as vacinas contra febre amarela e tétano, que precisam ser reaplicadas a cada dez anos. A enfermeira lembra que essas vacinas são oferecidas gratuitamente nos postos de saúde dos municípios e no PAM (Pronto Atendimento Municipal). “Em Jandaia do Sul, os postos funcionam de segunda a sexta-feira, das 7 horas às 17 horas; e o PAM, das 8 horas ao meio-dia e das 13 horas às 17 horas.”