Notícias

Hospital do Câncer de Londrina, Apae de Borrazópolis, Instituto Promocional Jesus de Nazaré de Mandaguari, Lar São Vicente de Paula de Apucarana e Evelyn Pires da Silva receberão a ajuda dos acadêmicos

Hospital do Câncer de Londrina, Apae de Borrazópolis, Instituto Promocional Jesus de Nazaré de Mandaguari, Lar São Vicente de Paula de Apucarana e Evelyn Pires da Silva receberão a ajuda dos acadêmicos

Publicado em 25 | 11 | 2011 às 15:16

Renda arrecadada com a Feira de Empreendedorismo Contábil será revertida a entidades beneficentes

Formandos do curso de Ciências Contábeis da Fafijan constituíram empresas fictícias e fizeram a venda de seus produtos na noite de segunda-feira, 21

Texto por: imprensa@fafijan.br | Fotos por: Assessoria de Imprensa Fafijan

Foi realizada na segunda-feira, 21 de novembro, no pátio do Bloco 1 da Fafijan (Faculdade de Jandaia do Sul), a quarta Feira de Empreendedorismo Contábil. Para a atividade, o professor Ariovaldo Mambrini, que ministra a disciplina de Controladoria aos estudantes do oitavo período de Ciências Contábeis, pediu para que a sala fosse dividida em grupos, constituindo, cada qual, uma empresa fictícia, dando a ela personalidade jurídica, desenvolvendo uma marca. “Depois disso, eles estabeleceram parcerias com pessoas, empresas de fora, a fim de tornar viável a produção de suas mercadorias, montaram a feira e tiveram de comercializar os produtos”, explica o professor.
Blusinhas, camisetas, pizzas, cachorros-quentes, salgadinhos foram algumas das opções encontradas pelas pessoas que visitaram o evento. O objetivo do trabalho, segundo Mambrini, é fazer com que os formandos do curso, futuros contadores, possam enxergar os estabelecimentos em que trabalham com os olhos do empreendedor: “ou seja, dos donos das empresas, em todos os aspectos da gestão”, comenta.
O trabalho, por si só, já seria bastante interessante, didaticamente falando, mas não termina por aí. Toda renda arrecadada na Feira será destinada a entidades beneficentes ou causas filantrópicas que foram escolhidas pelas próprias equipes. O Hospital do Câncer de Londrina será ajudado por três delas. Também receberão recursos a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Borrazópolis, o Instituto Promocional Jesus de Nazaré de Mandaguari, o Lar São Vicente de Paula de Apucarana e uma menininha de 10 anos, chamada Evelyn Pires da Silva, que reside em Ortigueira, e possui uma doença degenerativa. Mambrini destaca que é missão da Fafijan formar o profissional no campo da ciência e do conhecimento, com visão humana, ética e cidadã do seu papel na sociedade. “E é isso o que estamos fazendo aqui”, conclui.